ASCENSÃO E DECLINIO DA ARTE DA CANTARIA ESTUDO DE CASO: PONTE DA CADEIA

Marcos Aurélio Todorov Silva, Thiago Bomjardim Porto

Abstract


Resumo

A arte de lavrar a rocha em variadas formas geométricas e figurativas foi amplamente usada no século XVIII, tinha como finalidade ornamentar e estruturar edificações de diversos usos e formas. Mas esta arte foi se tornando cada vez menos usual, devido ao surgimento de materiais que possibilitavam agilidade na construção e por serem economicamente mais viáveis. Assim com o desuso da cantaria, as técnicas e seus executores foram diminuindo e se perdendo no adentrar do século XX. A origem da arte da cantaria torna-se vulgar quando comparados com os atuais produtos tecnológicos, neste contexto mercadológico e modista é preciso resgatar o reconhecimento da obra de arte, e esse resgate se dá através da comunidade em que ela se insere, o envolvimento efetivo, tanto através do conhecimento técnico como cultural dos elementos pétreos, trará o empoderamento necessário para o surgimento de uma ação mais efetiva na conservação da matéria e restauração das obras de arte. O objeto tomado como referência de estudo é a Ponte da Cadeia, localizada na cidade de São João del Rei/MG, datada do ano de 1798, em pedra e cal, com cantaria miúda de picão em todas suas faces e lados.

Palavras Chave: Ponte da Cadeia, cantaria, empoderamento, comunidade, projeto de restauração


Abstract

ASCENSION AND DECLINE OF STONEWORK ART. CASE STUDY: PONTE DA CADEIA. The art of plowing a rock in various geometric and figurative forms was widely used in the eighteenth century, its purpose was to decorate and structure buildings of various uses and shapes. But this art became less and less usual, due to the appearance of materials that allowed agility in construction and because they were economically more feasible. Thus with the disuse of the Stone work, the techniques and their executors were diminishing and getting lost in the entering of XX century. The origin of the stonework art becomes vulgar when compared with the current technological products, in this marketing and modiste context it is necessary to rescue the recognition of a work of art, and this rescue takes place through the community in which it is inserted, either an effective involvement throught he technical and cultural knowledge of the Stone elements, will bring a necessary empowerment to the emergence of a more effective action in a matter conservation and restoration works of art. The Bridge of the Chain is the object taken as reference, located in the city of São João del Rei / MG, dated from 1798, in stone and lime, with a little of abrasión Stone work on all its faces and sides.


Keywords: Chain Bridge, masonry, stonework, empowerment, community


Keywords


Ponte da Cadeia, cantaria, empoderamento, comunidade, projeto de restauração



DOI: http://dx.doi.org/10.18285/geonomos.v24i2.883

Refbacks

  • There are currently no refbacks.